Festival de Blues e Jazz aquece Tiradentes
19681
post-template-default,single,single-post,postid-19681,single-format-standard,bridge-core-2.6.4,qode-page-transition-enabled,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-24.9,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.5.0,vc_responsive
 

Festival de Blues e Jazz aquece Tiradentes

Festival de Blues e Jazz aquece Tiradentes

 

Depois do sucesso da etapa de São Lourenço, evento traz as melhores bandas dos dois gêneros para a cidade histórica de Minas Gerais de 23 a 25 de junho

 

Depois de levar mais de 16 mil pessoas para assistirem às apresentações na etapa de São Lourenço, no Circuito das Águas (Sul de Minas), o Festival de Blues e Jazz chega nos próximos dias 23, 24 e 25 de junho à histórica cidade de Tiradentes. Promovido pela Production Eventos, o Festival vai reunir em dois palcos nove shows imperdíveis com diversos músicos brasileiros e internacionais, representantes da evolução do jazz e suas influências em vários estilos como o blues, o funk e a MPB.

Além das apresentações, selecionadas pelo curador Giovanni Mendes, a edição deste ano (a nona) inclui em sua programação workshops e palestras com conceituados músicos, que acontecem na Faculdade Música de São João Del Rey. Está prevista aapresentação dos vencedores do Festival “Novos Talentos do Jazz e Blues”. São eles: banda Full Hand e Tiago Martins Trio. O objetivo é de criar oportunidades para jovens músicos. Haverá ainda a exibição de alunos da conceituada Avantgarde Escola de Música.

Quem abre as apresentações na noite de quinta-feira, 23, é a banda Full Hand, formada pelos músicos Lucas Zallio no baixo e backing, Breno Fonseca na guitarra, Henrique Fonseca na bateria e Fabiano Menezes no lead vocal. Com anos de experiência na noite de Belo Horizonte, o quarteto vai mostrar todo o seu talento no Blues, Soul, Funk, Classic Rock, R&B e Jazz, interpretando Stevie Ray Vaughan, Eric Clapton, Joe Bonamassa, Joe Cocker, Freddie King, B.B King, Albert King, Johnny Lang, The Doors, Deep Purple, Amy Whinehouse, entre outros.

Na sequência, sobem ao palco Adriano Campagnani Trio e Bauxita. Com quase 30 anos de carreira, nos quais incluem participações em tournes e gravações com músicos como os guitarristas Toninho Horta e Nguyen Lê, Beto Guedes, Flávio Venturini, Marku Ribas, Wilson Sideral, entre outros, o contrabaixista, compositor e arranjador Adriano Campagnani, acompanhado por Neném na bateria e por Amauri Ângelo na guitarra, vai interpretar canções do Jazz nacional e internacional.

O público vai poder curtir ainda o “Blues de alma” do cantor, guitarrista e compositor norte-americano Jimmy Burns. Artista premiado, é ganhador do “Best Blues Record of The Year”, pela National Association of Independent of Record, Big Bill Broozy, e pela Academie Du do Jazz, sendo indicado ao Handy Award. Ele será acompanhado pela Bruno Marques Band, formada pelos músicos Bruno Marques, Christian Weber, Fábio Casmore e Walner Lucas.

Na sexta-feira, 24, a partir das 14h, vai rolar muito Blues e Jazz nos dois palcos do Festival. Entre as atrações está a banda Flying Sticks, formada por alunos da escola de música Avantgarde. Arone Negreiros (vocal), Clarissa Duarte (bateria e vocal), Daniel Abreu (guitarra), Felipe Murta (guitarra e vocal), Rodrigo Duarte (contrabaixo) e Vinícius Leão (guitarra e vocal) vão tocar um repertório voltado para os clássicos da história do rock, interpretando Pink Floyd, Led Zeppelin, AC/DC, Dire Straits, Lynyrd Skynyrd, Metallica, Iron Maiden e outras grandes bandas, além de apimentar com um toque pessoal sucessos dos Beatles, Eagles, Rolling Stones, Queen, Talking Heads, entre outros.

No mesmo dia, será a vez de Tiago Martins Trio, formado por Neto Ribeiro na bateria, Daniel Souza no baixo e Tiago Martins na guitarra, que, com músicas autorais e de grandes compositores da música instrumental brasileira e mundial, trarão uma sonoridade diferente e com um tempero jazzístico de primeira.

Quem sobe ao palco também é Alexandre da Mata e Black Dogs, representantes do melhor do blues nacional. Guitarrista, compositor e produtor musical com mais de 25 anos de carreira e apresentações em palcos do Brasil e exterior, Alexandre vai encantar a galera com sua técnica e estilo único, acompanhado por grandes músicos, como Irene Dias (vocal), Danilo Temponi (bateria), Cinara Motta (baixo) e Sandro Veríssimo (teclados).

A banda mineira Audergang é outra atração do dia. Idealizada pelo guitarrista Auder Júnior, a banda tem se consolidado como um dos grandes expoentes do Blues no cenário brasileiro. Criada em 2007, em Belo Horizonte, berço de um dos maiores movimentos musicais na década de 1960, o “Clube da Esquina”, a Audergang foi influenciada por essa geração e pelo blues e homenageia essa fase histórica em algumas de suas canções autorais, como “On every corner”.

O público vai se aquecer ainda ao som da Alma Thomas & Netto Rockfeller Band. Cantora, compositora e arranjadora, a norte-americana (e radicada no Rio de Janeiro) Alma Thomas vem construindo sua carreira ao promover uma mistura rítmica multicultural, com composições incluídas em longas metragens e novelas. Junto com ela, estará o guitarrista Netto Rockfeller, que, com mais de 15 anos de carreira, é considerado um dos maiores músicos de Blues do Brasil na atualidade.

No sábado, 25, volta ao palco a banda Flying Sticks. A programação inclui também o show da banda “Motoca e os acelerados” (no vocal, Motoca; na guitarra, Raul; no contra-baixo, Xerllez; e na bateria, Mumu), cujo trabalho busca difundir, com muita qualidade, os mais marcantes e aclamados hits do Rock Nacional.

Depois, vai rolar muito Blues, Rock e Soul com a banda Gritta, composta apenas por mulheres. Com Nina Guimarães no vocal, Bruna Terroni na guitarra, Cinara Motta no baixo e Amanda Barbosa na bateria, a banda interpreta de forma autêntica e potente canções consagradas desses três estilos musicais.

Quem fecha com “chave de ouro” o Festival de Blues e Jazz é a Banda Macondos, formada por Marcelo Dai (bateria/voz), Aloízio Horta (baixo), João Gabriel (guitarra), Lucas De Moro (teclado), Daniel Guedes (percussão), Pedro Aristides (trombone), Pedro Mota (trompete) e Vinicius Augustus (saxofones/flauta). Predominantemente instrumental, com pitadas e intervenções vocais, a Banda faz inúmeras e constantes pesquisas culturais, com o objetivo de traçar um caminho genuíno e inovador na música Mineira, abrindo espaço para experimentações e descobertas.

As inscrições gratuitas já podem ser feitas. Basta acessar o link:

https://app.gofree.co/bikefesttiradentes

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

DIA 23/6 – Quinta-feira

18h – Show banda Full Hand, no Resort Santíssimo;

20h – Show Adriano Campagnane Trio e Bauxita, no Santíssimo Resort;

22h30 – Show Jimmy Burns e Bruno Marques Band, no Santíssimo Resort;

00h30 – Encerramento.

 

DIA 24/6 – Sexta-feira

14h – Show Jazz Band, na Praça da Rodoviária;

15h30 – Show Blues e R&b Band, na Praça da Rodoviária;

17h – Show Flying Sticks, na Praça da Rodoviária;

18h – Show Tiago Martins e Trio, no Santíssimo Resort;

19h – Show Alexandre da Mata e The Black Dogs, na Praça da Rodoviária;

20h – Show Audergang, no Santíssimo Resort;

22h30 – Show Alma Thomas & Netto Rockfeller Band, no Santíssimo Resort;

00h30 – Encerramento.

 

DIA 25/06 – Sábado

14h – Show Jazz Band, na Praça da Rodoviária;

15h – Show Blues e R&b Band, na Praça da Rodoviária;

17h – Show Flying Sticks, na Praça da Rodoviária;

18h – Show Motoca e os Acelerados – Stones Blues, no Santíssimo Resort;

18h30 – Show M8 Blues, na Praça da Rodoviária;

20h – Show Banda Gritta, no Santíssimo Resort;

22h30 – Show Banda Macondos, no Santíssimo Resort;

00h30 – Encerramento.

 

Para maiores informações, acesse o site: www.productioneventos.com.br

WhatsApp – (31) 99151-0525

Instagram: @festivaldebluesejazztiradentes

 

 

Informações para a imprensa:

Eduardo Campos

Reg. Prof. MTB 3867/MG

(31) 99993-1961 (Whatsapp)

Luís Otávio Pires

Reg. Prof. MTB 4518/MG

(31) 999947-1411 (Whatsapp)

p2.conteudo@gmail.com